5 dicas para manter a saúde mental em dia

Dra Karina Lima, psicóloga e PhD em saúde mental e head de pesquisa clínica na Ivi, oferece dicas para o dia a dia

Por Redação Economia SC Em 30 de junho de 2022 às 09:26


O Brasil mantém uma prevalência dos índices de depressão acima da média mundial, Segundo a Pesquisa Vigitel 2021, conduzida pelo Ministério da Saúde.

 

Com a chegada da pandemia e as significativas mudanças na rotina de trabalho das pessoas, a doença se intensificou.

 

De acordo com a Previdência Social, no ano passado mais de 75 mil brasileiros sofreram afastamento do trabalho por conta de quadros de depressão.

 

Esse número se refere àquelas pessoas que receberam benefícios previdenciários, ou seja, cujo tempo afastado foi longo.

 

A depressão representa 37,8% das licenças médicas por transtorno mental no Brasil, o que faz dela o transtorno que mais afasta trabalhadores no país, ao lado da ansiedade.

 

O transtorno é, atualmente, a terceira maior causa de afastamentos do trabalho. Isso ligou o sinal de alerta dentro das organizações e a tecnologia virou um aliado fundamental para a identificação e tratamento da enfermidade.

 

Para Karina Lima, psicóloga e PhD em saúde mental e head de pesquisa clínica na Ivi, aplicativo que atua na prevenção de transtornos mentais dentro das empresas, a depressão é uma doença multifatorial que afeta negativamente a maneira como as pessoas se sentem, pensam e se comportam, mas que, felizmente, pode ser tratada de forma eficaz:

“A depressão pode ter relação com eventos específicos ao longo da vida, predisposição genética, alterações neuroquímicas, desequilíbrios hormonais e fatores psicossociais. Entre os principais sintomas estão a sensação persistente de tristeza ou perda de prazer, que pode ser acompanhada de alterações no sono, cansaço excessivo, dificuldades de concentração, sentimentos de culpa, entre outros. Por isso, é necessário utilizarmos estratégias baseadas em evidências para  prevenir, identificar e tratar a doença com efetividade. E o uso da tecnologia se torna um grande aliado”.

Dentro do aplicativo, os usuários interagem virtualmente com a solução,  que ajuda a despressurizar o estresse, além de ser um apoio para lidar com os problemas, como se fosse uma assistente de bem-estar.

Por meio dessa interação, a inteligência artificial identifica o perfil e o estado emocional de cada um e apresenta soluções personalizadas.

Um dos exemplos são a práticas de exercícios de respiração e mindfulness, estratégias de manejo emocional, dicas de alimentação de acordo com o objetivo relatado e orientação sobre busca de apoio profissional para os usuários que apresentarem  indicadores de risco de saúde mental.

Dessa forma, o aplicativo  consegue instrumentalizar os usuários para cuidar melhor de sua saúde mental e auxiliar na prevenção do desenvolvimento ou agravamento de transtornos emocionais.

Com base na interação contínua, os dados assim coletados são muito precisos, pois não são baseados em uma única avaliação. Há também especialistas que auxiliam nesse mapeamento promovendo um acompanhamento contínuo do bem-estar.

No entanto, uma boa saúde mental começa com a prática de algumas ações simples. Por isso,a especialista separou 5 dicas. Confira abaixo:

FAÇA ALGO POR VOCÊ
De maneira intencional, adicione atividades prazerosas à sua rotina. Atividades simples como ouvir música no caminho do trabalho, fazer uma caminhada em um local agradável ou tomar um banho relaxante contam. Ter um momento de autocuidado, como aquela pequena pausa para respirar ou o simples fato de ler um livro, são pequenos detalhes que fazem a diferença. Se ouvir é muito importante.

PEGUE LEVE
Ninguém é 100% a todo momento, praticar a autocompaixão é necessário para que as coisas não sejam tão duras. Às vezes olhamos com amor para as outras pessoas e esquecemos da gente. Tente encarar seus erros como oportunidades de aprendizagem. Pensar no conselho que você daria a uma pessoa querida que estivesse passando pela mesma situação pode ser uma ótima estratégia para ganhar perspectiva em momentos difíceis.

CUIDE DA SAÚDE
Manter uma alimentação equilibrada, ter uma boa rotina de sono, movimentar-se e ter tempo de descanso reservado na nossa rotina são os pilares que sustentam a nossa saúde física e mental. Quando estamos descansados, fica muito mais fácil manter a calma, o foco e desempenhar bem nossas diversas responsabilidades. 
   

TENHA UMA REDE DE APOIO
Contar com pessoas que nos façam bem é uma importante fonte de apoio para passarmos pelas situações da vida. Ligue, mande mensagem ou separe um tempo para socializar com pessoas queridas. Conversar com quem te faz bem contribui não apenas para ganhar novas perspectivas e aliviar a tensão, mas também para nos proporcionar momentos de alegria e diversão.

BUSQUE AJUDA
Possíveis fontes de ajuda incluem nossas relações de amizade, familiares, pessoas queridas, além de profissionais de saúde, como psicólogos e médicos. A IVI, assistente virtual interativa pode ser uma excelente fonte de apoio para te auxiliar a lidar com as mais diversas situações da vida. 

 

Fonte: Redação Economia SC, 30/06/2022.


– via https://economiasc.com

Vamos juntos cuidar da saúde emocional dos seus colaboradores?

IVI é um aplicativo que atua como uma assistente de saúde, bem-estar e prevenção, oferecendo jornadas de conhecimento, terapia online e planos de engajamento, num só lugar.
Preencha o formulário para solicitar um contato de nossos consultores.